Somos todos contra a corrupção, mas o combate a esse crime não se faz com a redução de direitos previstos na Constituição nem com a fragilização do Estado Democrático. Por isso, disponibilizamos uma ferramenta para pressionar os parlamentares a votarem contra o PL 4850/2016. Escolha o estado que quer pressionar ou faça uma busca dentre os deputados e deputadas a partir do seu partido ou gênero. Se possível, dê um toque pessoal no e-mail para tornar ainda mais convincente e personalizada a sua mensagem.

Para mandar e-mail a todos os deputados e deputadas, use o Bota Pressão. Se você tem outlook ou outro programa de e-mails, irá abrir para você uma nova janela já em seu servidor de e-mail com a mensagem para ser enviada. Caso você não use o outlook, vá até o fim da página e envie manualmente, copiando e colando o endereço dos deputados em seu próprio e-mail.

Quer pesquisar mais? Procure aqui seu deputado ou deputada

Busca:

Partido:

Estado:

Genêro:

Cargo:

Não conseguiu? Tente por aqui!

Caso você não tenha instalado em seu computador ou celular um programa de e-mails (tal qual o outlook ou o mail) você pode enviar manualmente os e-mails para os deputados. Acesse as caixas abaixo com o conteúdo para ir no e-mail e com os endereços de todos os deputados para copiar e colar na caixa de remetentes.

Assunto e mensagem do e-mail

Assunto: Pelo fim de corrupção sem perda de direitos!

Mensagem:
Prezada (o) Deputada (o),

O Projeto de Lei (PL) 4850/2016, atualmente em discussão no Congresso, reúne o pacote de medidas contra a corrupção. A Defensoria Pública do Estado do Rio de Janeiro analisou o pacote e constatou que muitas implicam na supressão de direitos e repercutem em toda a população. O projeto prevê uma série de alterações legislativas sob a justificativa de tornar mais efetivo o combate à corrupção.

Se aprovado, o PL estabelece o teste de integridade para servidores públicos, que só pode ser aplicado com a aprovação do MP. Combinada com as denúncias anônimas também propostas pelo pacote legislativo, a medida criará um clima de desconfiança generalizada na administração pública. Outra medida do pacote autoriza a prisão preventiva do acusado até a devolução do dinheiro desviado, proposta que fere a presunção de inocência garantida na Constituição. Isso é grave, pois antecipa o cumprimento de uma eventual pena, pois ainda não há provas de que o acusado realmente desviou aqueles recursos.

Somos todos contra a corrupção, mas o combate a esse crime não se faz com a redução de direitos previstos na Constituição nem com a fragilização do Estado Democrático. Por esses motivos, peço seu apoio para votar contra o PL 4850/2016!

Endereços de e-mail dos deputados e deputadas